GLOSSÁRIO

O que é AquaCross? Quais são seus benefícios?

aquacross-logo-602x288.jpg

Como desafio, uma das preocupações da indústria do fitness é a formulação de novas atividades, que possam motivar e criar interesse naqueles que buscam condicionamento físico, qualidade de vida e saúde, surge o AQUACROSS.

O AquaCross teve a influência de vivências e tendências terrestres dos últimos anos, tais como: cross fit, spartan, spartacus, treinamento funcional e postural.
 

Trata-se de um programa de condicionamento geral, que usufrui das propriedades físicas da água podendo contribuir para uma rápida adaptação a qualquer indivíduo, independente de idade ou nível físico. O protocolo da aula foi desenvolvido a fim de aperfeiçoar alguns componentes da aptidão física, tais como: potência, resistência cardiorrespiratória e muscular, agilidade, equilíbrio, coordenação, força.

Nesse sentido, este programa de alta intensidade desponta como mais uma opção de treinamento combinado, aplicável a todas as faixas etárias e a diferentes níveis de condicionamento. Para tanto, é necessário respeitar a individualidade biológica dos praticantes e estabelecer bases seguras para o controle de intensidade de treino.
 

Protocolo básico do AquaCross:

A aula é organizada em estações, onde o aluno fará o máximo de repetições possíveis dentro do tempo previsto de 1 minuto. “O intervalo entre um exercício e outro é de apenas 20 segundos o que corresponde a uma recuperação parcial.
A dinâmica de máxima repetição e quantificação da execução dos movimentos se dá em toda a parte principal da aula. O aluno será submetido de 6-10 estações*, dependendo do tempo total de aula disponível com a possibilidade o de 2-3 séries. O intervalo entre as séries fica entre 2 a 5 minutos, dependendo do volume total de treino. Desta forma, a manutenção ou superação do número de repetições torna-se desafiador.

*estações: Equipamentos
 

AquaCross na TV Globo:

AquaCross hoje no Programa Encontro com Fátima Bernardes. Se desejar você poderá ver no link oficial da Tv Globo: http://globotv.globo.com/t/programa/v/aquacross-exercicios-feitos-em-esteira-bicicleta-cama-elastica-e-cordas/3877079/Obrigada a todos!

Posted by Roxana Brasil on Quarta, 7 de janeiro de 2015

 

AquaCross na TV Brasil:

Obrigada mais uma vez pelo empenho e dedicação de todos da equipe Velox! Aproveito para agradecer ao time da TV BRASIL, que fez toda a diferença nessa mensagem do Aqua Cross!

Posted by Roxana Brasil on Sexta, 16 de janeiro de 2015

Agilidade

agilidade.jpg

Capacidade de executar movimentos rápidos e ligeiros com mudanças de direções.

Adulto

adultos.jpg

Pessoa pós-adolescente cujo progresso está completo na maioria dos aspectos do desenvolvimento e que é capaz de explorar satisfatoriamente a realidade e ajustar-se ao ambiente.

Adolescência

adolescencia-01.jpg

Período de crescimento humano que se estende entre a terceira infância e a idade adulta, caracterizado psicologicamente por intensos processos conflituosos e persistentes esforços de auto-afirmação.

Adequação

adequacao1.jpg

Grau de dificuldade do teste para o grupo pesquisado. É uma qualidade quando o teste possui os aspectos gerais desejáveis para um bom instrumento.

Adaptação crônica

adaptacao_cronica.jpg

Alteração anatômica ou funcional que ocorre com o corpo quando submetido a treinamento físico durante um tempo prolongado.

Adaptação

adaptacao.jpg

Na fisiologia do exercício é uma reorganização orgânica e funcional do organismo, de acordo com exigências internas e externas. É uma transformação persistente na estrutura ou na função particularmente relacionada às respostas e às sobrecargas do treinamento. Na área de Controle Motor é o ajustamento do desenvolvimento de uma criança às restrições ambientais e subsequente intelectualização desse ajustamento por meio da assimilação e acomodação.

Acuidade Visual

acuidade_visual.jpg

1 – Precisão da visão.
2 – Capacidade do sistema visual para definir detalhes.

Acuidade

acuidade.jpg

Precisão da visão, da audição ou das sensações táteis.

Açúcar

acucar.jpg

Uma forma de carboidrato usada como fonte de energia no corpo.

Acomodação

acomodacao.jpg

1 – Adaptação a um estímulo sensorial constante pela elevação do nível absoluto limiar, isto é, o nível mínimo de força necessário para identificar um estímulo.
2 – Na teoria Piagetiana, é a adaptação dos esquemas (estruturas do pensamento) a novas experiências.
3 – Diminuição da frequência do potencial de ação de um nervo durante o tempo que está submetido a um estímulo de despolarização imutável.
4 – É a diminuição na resposta de uma entidade biológica a um estímulo contínuo. No treinamento físico o estímulo é o exercício. De acordo com este fenômeno é ineficaz usar exercícios padronizados ou cargas constantes de treinamento durante um longo período de tempo. Daí a necessidade de variação dos programas de treinamento.

Aclimatização

Aclimatizacao-1.jpg

Mudanças fisiológicas que ocorrem no processo de adaptação a um novo ambiente, por exemplo, à altitude.

Aclimatação

Aclimatacao-1.jpg

Ato ou processo pelo qual o corpo se adapta fisiologicamente  a um ambiente ou uma circunstância não familiar, tal como altitude ou clima quente.

Acidose

acidose.jpg

Estado resultante da extensão de ácidos no organismo conseqüente baixa na reserva alcalina. É acompanhada pela diminuição do pH sangüíneo. É uma perturbação do equilíbrio ácido básico normal do corpo. Pode ser ocasionada por causas respiratórias que levam à retenção de dióxido de carbono. No esporte é provocada por esforços do tipo anaeróbico lático, como a corrida de 400 metros.

Ácidos Graxos

acidos-graxos.jpg

Ácidos orgânicos formados por longas cadeias de átomos de carbono. São os elementos básicos das gorduras.

Ácido Pirúvico

acido-piruvico.gif

Produto final da glicólise. Se gerado(pela adição de átomos de hidrogênio), ele se torna ácido lático. É o precursor para a acetil coenzima A, que entra no ciclo de Krebs para o processamento e produção de ATP.

Ácido

acido-.png

Substância que em solução aquosa é capaz de soltar íons hidrogênio. Os ácidos fortes são corrosivos. Alguns ácidos existem naturalmente no corpo, como o ácido clorídrico e o ácido lático.

Acidez

acidez-no-estomago.jpg

Excesso de ácido clorídrico encontrado geralmente no estômago.

Acidente Vascular Cerebral

glossario-avc.jpg

Conhecido como AVC. Condição na qual o suprimento sangüíneo a uma parte do cérebro é interrompido, comumente em razão de uma hemorragia ou infarto, causando uma lesão dos tecidos.

Aceleração

aceleracao2.jpg

É uma amplitude física que mede a variação da velocidade de um movimento do corpo todo, ou de partes individuais do corpo. Ela é definida como o quociente resultante da variação da velocidade sobre o intervalo de tempo respectivo. Ela é geralmente medida em metros por segundo ao quadrado e normalmente nomeada pela letra A.

Ação Excêntrica

acao-excentrica.gif

Ato muscular que gera tensão quando o músculo se alonga ao resistir a um movimento segmentar.

Ação Estática

acao-estatica.gif

Ato no qual o músculo contrai sem modificar o seu comportamento.

Ação Dinâmica

acao-dinamica.png

Qualquer ato muscular que gera movimento articular.

Ação Concêntrica

acao-concentrica.jpg

Ato muscular que gera tensão quando o músculo se encurta, vencendo uma resistência externa a ele.

Academia

academia-de-exercicios-390x280.jpg

Em esportes e Educação Física o termo atribui-se ao local onde se ministra o ensino de práticas de ginástica e esportes, (exercícios aeróbicos ou anaeróbios), e dotados de equipamento preciso.
 

Exemplos

Academias de judô, de dança, de ginástica,  de natação, de musculação, etc

O nome “academia” vem da escola que o filósofo grego Platão fundou em 387 a.C. colado a um jardim a noroeste de Atenas, em terreno dedicado à deusa Atena, que segundo a tradição pertencera a uma personagem mitológica, Academo.

Abdução

abducao-braco.jpg

Movimento de um membro em afastamento da linha média do corpo, como por exemplo, na imagem ao lado, com o braço.

Também pode ser feito com suas pernas.

Abdome

adome-feminino.jpg

Parte do corpo localizada entre o tórax e a pelve, separada do tórax pelo diafragma.

Contém os orgãos dos aparelhos digestivo e excretor (bexiga, vesícula biliar, intestino grosso, intestino delgado, rins, fígado, pâncreas, baço e estômago).

Nos homens ele também contém a próstata e nas mulheres, os ovários e o útero.

É escrito também como abdômen no português de Portugal.

Classificação

Sistema digestivo: Estômago, intestino delgado, intestino grosso com ceco e apêndice
Sistema digestivo: Fígado, vesícula biliar e pâncreas
Sistema urinário: Rins e útero
Outros órgãos: Baço